O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

A palavra 'sofisma' vem do grego antigo que significa "fazer raciocínios capciosos".

Em Lógica é um raciocínio aparentemente válido, mas inconclusivo ou incorreto. Um sofisma acaba usando, em algum momento da sua montagem algo que é contrário às mesmas leis que foram usadas para contruí-lo.

Por definição, o sofisma tem o objetivo de dissimular uma ilusão de verdade, apresentando-a sob esquemas que aparentam seguir as regras da lógica. É um conceito que remete à ideia de falácia, sem ser necessariamente um sinônimo.

Atualmente, no uso frequente e do senso comum, sofisma é qualquer raciocínio caviloso ou falso, mas que se apresenta com coerência e que tem por objetivo induzir outros indivíduos ao erro mediante ações de má-fé.

O sofisma 64 = 65 foi proposto inicialmente por Sam Loyd (1841 - 1911) explorando uma propriedade dos números da seqüência de Fibonacci.

Comentários