web
statistics
visualizações



Todos sabemos que a internet pode ser uma ótima forma de complementar os seus estudos, desde que o aluno saiba escolher o que acessar e não perca o foco do estudo nas redes sociais como orkut e twitter ou sites de piadas e ainda outras páginas com conteúdo não muito útil nem muito confiável para quem vai prestar vestibular.

Os mecanismos de busca, como Google (www.google.com.br) ou o Bing! (www.bing.com), ajudam o estudante a achar as informações de que precisa. O problema é que geralmente eles indicam uma enorme quantidade de sites e muitos com informações indesejadas. Quando se digita a palavra vestibular no Google, por exemplo, o estudante recebe a indicação de mais do que 25 milhões de páginas.

Poucos estudantes buscam informações no http://scholar.google.com.br - que é, sem dúvidas, mais acadêmico. Porém vale a pena ir ver também o que está lá.

Na sua pesquisa, sempre veja mais do que uma fonte. Nessa pesquisa um primeiro passo é saber quem está fornecendo as informações. Páginas de universidades, de órgão oficiais e de institutos de pesquisa são mais confiáveis do que as pessoais gratuitas, por exemplo. Um segundo passo é verificar quem é o autor da página, se ele é conhecedor da área a que se propõe a falar.

A internet é uma excelente forma de complementar os estudos, sobretudo se substituir as horas perdidas com a televisão. A internet tem um material de pesquisa maior do que poderia consultar ao longo de uma vida.

Não pense que a internet pensa e vai resolver ou pensar no seu problema sem que você raciocine. Pessoas raciocinam e a internet apenas liga estes raciocínios que podem ser registrados e, portanto, consultados.

Estudar é uma coisa que exige esforço, não é algo rápido como acontece na internet. Para absorver o conhecimento mais extenso e profundo, que é pedido nas provas, os meios tradicionais são mais eficientes.

Cardicas

::: Saiba bem o que pretende achar, para que a procura nos sites de busca seja mais eficiente. Quanto mais palavras forem incluídas no mecanismo de busca, mais provável que a informação desejada apareça


::: Certifique-se que a grafia das palavras esteja correta. Em caso de dúvida utilize um dicionário, principalmente se for pesquisar palavras em outras línguas


::: Aproveite os links indicados pelos sites que você considera bons


::: Procure disciplinar seus estudos. Não fique pulando de link em link sem se concentrar em nenhum site. Quando achar um texto interessante, leia-o atentamente até o final e procure entendê-lo


::: Se realmente quiser estudar, não fique conversando por meio do Whatsapp, recados no Facebook ou seguindo posts no Twitter enquanto faz suas pesquisas


::: Algumas instituições que preparam as provas de vestibular disponibilizam provas passadas em seus sites, o que pode ser um ótimo treino

 

::: Se um site tiver muitas informações interessantes e você não conseguir ver tudo em um único dia, inclua-o em seus favoritos para que possa achá-lo sem dificuldades em um outro dia



1º de Maio de 2017

Comente

São mais de 50.000 páginas de conteúdo. Não acompanho os diálogos a seguir - por isso, caso você ache alguma pergunta feita pelos usuários e queira contribuir, por favor, deixe o seu parecer - que irá enriquecer o material.