Professor Cardy



Exercícios > CESGRANRIO

A seguir você encontra uma seleção de 15 de exercícios de relativos à banca: CESGRANRIO.

Registros 1 a 15 de 15.

CESGRANRIO - 2008 ( Matemática ) Matemática Financeira

Pesadelo


Escrevendo-se todos os números inteiros de 1 a 1111, quantas vezes o algarismo 1 é escrito?

(A) 481
(B) 448
(C) 420
(D) 300
(E) 289


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2008 ( Matemática ) Matemática Financeira

Pesadelo


Júlio fez uma compra de R$ 600,00, sujeita à taxa de juros de 2% ao mês sobre o saldo devedor. No ato da compra, fez o pagamento de um sinal no valor de R$ 150,00. Fez ainda pagamentos de R$ 159,00 e R$ 206,00, respectivamente, 30 e 60 dias depois de contraída a dívida. Se quiser quitar a dívida 90 dias depois da compra, quanto deverá pagar, em reais?

(A) 110,00
(B) 108,00
(C) 106,00
(D) 104,00
(E) 102,00


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2008 ( Matemática ) Probabilidade

Pesadelo


Joga-se N vezes um dado comum, de seis faces, não viciado, até que se obtenha 6 pela primeira vez. A probabilidade de que N seja menor do que 4 é

(A) 150/216
(B) 91/216
(C) 75/216
(D) 55/216
(E) 25/216


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2008 ( Matemática ) Matemática Financeira

Pesadelo


A taxa efetiva anual de 50%, no sistema de juros compostos, equivale a uma taxa nominal de i % ao semestre, capitalizada bimestralmente. O número de divisores inteiros positivos de i é

(A) 4
(B) 5
(C) 6
(D) 7
(E) 8


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2008 ( Matemática ) Matemática Financeira

Pesadelo


Um investimento consiste na realização de 12 depósitos mensais de R$ 100,00, sendo o primeiro deles feito um mês após o início da transação. O montante será resgatado um mês depois do último depósito. Se a taxa de remuneração do investimento é de 2% ao mês, no regime de juros compostos, o valor do resgate, em reais, será

(A) 1200,00
(B) 1224,00
(C) 1241,21
(D) 1368,03
(E) 2128,81


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2008 ( Matemática ) Matemática Financeira

Pesadelo


Após a data de seu vencimento, uma dívida é submetida a juros compostos com taxa mensal de 8%, além de ser acrescida de uma multa contratual correspondente a 2% da dívida original. Sabendo-se que log2 = 0,30 e log3 = 0,48 e utilizando-se para todo o período o sistema de capitalização composta, determine o tempo mínimo necessário, em meses, para que o valor a ser quitado seja 190% maior do que a dívida original.

(A) 24
(B) 23,5
(C) 13
(D) 11,5
(E) 10


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2008 ( Matemática ) Probabilidade

Pesadelo


Em uma urna há 5 bolas verdes, numeradas de 1 a 5, e 6 bolas brancas, numeradas de 1 a 6. Dessa urna retiram-se, sucessivamente e sem reposição, duas bolas. Quantas são as extrações nas quais a primeira bola sacada é verde e a segunda contém um número par?

(A) 15
(B) 20
(C) 23
(D) 25
(E) 27


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2004 ( Matemática ) Geometria Plana

Pesadelo


O conceito de simetria surgiu na Grécia antiga, como uma tentativa de explicar a beleza por bases racionais. Os gregos não eram dados a muita subjetividade − eles gostavam de achar que havia lógica por trás de tudo. Por isso, conceberam a idéia de proporção áurea, uma relação matemática segundo a qual a divisão da medida da maior parte pela menor parte de um segmento (dividido em duas partes) é igual à divisão do segmento inteiro pela parte maior. E procuravam essa proporção mágica em tudo, inclusive em seres humanos.
Revista Superinteressante, nov. 2003 (adaptado).

Considere um segmento de reta AB, dividido em duas partes, a e b, com b < a. De acordo com a descrição acima, a proporção áurea se verificaria para a igualdade:


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2004 ( Matemática ) Probabilidade

Pesadelo


Um dado comum (não viciado) teve quatro de suas faces pintadas de vermelho e as outras duas, de azul. Se esse dado for lançado três vezes, a probabilidade de que, em no mínimo dois lançamentos, a face voltada para cima seja azul será, aproximadamente, de:

(A) 22,2%
(B) 25,9%
(C) 44,4%
(D) 52,6%
(E) 66,7%


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2006 ( Matemática ) Gráficos

Pesadelo


Na figura acima está representada parte da parábola que é gráfico de uma certa função g, de domínio real. Se h é a função, também de domínio real, definida por

h(x) = g(x)·(x + 3)2

qual pode ser o conjunto dos zeros de h?

(A) { 2, 3, 4 }
(B) {-3, 1, 4 }
(C) {-1, 5, 9 }
(D) {-2, 2, 3, 5 }
(E) {-3, 2, 3, 5 }


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2006 ( Matemática ) Análise Combinatória

Pesadelo


Com um cubo e duas pirâmides quadrangulares regulares, foi formado o poliedro que está representado na figura abaixo. Pretende-se numerar as 12 faces desse poliedro com números de 1 a 12 . Como se vê na figura, duas das faces já estão numeradas com os números 1 e 3.

De quantas maneiras podemos numerar as outras 10 faces desse poliedro, se nas faces de uma das pirâmides devem ficar só números ímpares e nas faces da outra, só números pares?

(A) 90
(B) 2.160
(C) 4.320
(D) 8.640
(E) 103.680


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2006 ( Português )

Pesadelo


Inventário da infância perdida

Um homem é feito na infância, aperfeiçoado na adolescência e cristalizado na idade madura. Depois dos quarenta a existência humana, a não ser para os asiáticos, que têm o segredo da vida longeva e produtiva, assinala realmente uma decadência interminável, até que ela se torna insuportável: toda a razão da vida se concentra em algumas coisas muito específicas, em seres, sobretudo, e daí o conflito que se trava no interior de cada ser humano quando aquilo que ele quis ser para duas, três ou quatro pessoas — pois é nisso que se concentra a nossa vida — deixou de ser o que realmente se quis ser ou parecer.
Mas uma grande parte de nossa vida é desenhada muito cedo, quando se inicia o que alguns românticos chamam de aventura humana e que aos poucos vai-se transformando numa incansável continuidade de diminutas frustrações e pequenos embates corporais com a realidade, frustrações que depois se transformam em fontes de amargura.
(...)
O que é a infância, no fundo, senão um período de nossa vida tal como nós o olhamos, depois de adultos: é a versão que se sobrepõe, poderosa, sobre a realidade, e essa versão, por mais suscetível de ser destruída pela análise fria, é a que prevalece e guia nossos passos, por anos intermináveis.
Todo mergulho na infância é ao mesmo tempo doloroso e doce, como aqueles diminutos pratos chineses que misturam gostos e odores. Assim, eu, por exemplo, me lembro, quando faço muita força, de trechos de minha infância: não consigo lembrá-la toda, ou largos períodos dela, talvez porque o que foi doloroso nela tenha sido mais abundante e mais avassalador do que o que foi doce.

ABRAMO, Cláudio. In: A regra do jogo. São Paulo.
Cia das Letras, p. 41, 1989.

A respeito das idéias do Texto é correto afirmar que o(a):

(A) perfil do homem começa a delinear-se na adolescência.
(B) estrutura definitiva do homem é conseqüência dos resultados da luta travada com a realidade no curso da vida.
(C) infância caracteriza-se pela abstração do ser humano com relação às contradições da vida.
(D) adolescência é o elemento contemporizador entre a infância e a fase adulta.
(E) cristalização na idade madura, semanticamente, corresponde à concretização dos ideais da infância.


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2006 ( Português )

Pesadelo


Inventário da infância perdida

Um homem é feito na infância, aperfeiçoado na adolescência e cristalizado na idade madura. Depois dos quarenta a existência humana, a não ser para os asiáticos, que têm o segredo da vida longeva e produtiva, assinala realmente uma decadência interminável, até que ela se torna insuportável: toda a razão da vida se concentra em algumas coisas muito específicas, em seres, sobretudo, e daí o conflito que se trava no interior de cada ser humano quando aquilo que ele quis ser para duas, três ou quatro pessoas — pois é nisso que se concentra a nossa vida — deixou de ser o que realmente se quis ser ou parecer.
Mas uma grande parte de nossa vida é desenhada muito cedo, quando se inicia o que alguns românticos chamam de aventura humana e que aos poucos vai-se transformando numa incansável continuidade de diminutas frustrações e pequenos embates corporais com a realidade, frustrações que depois se transformam em fontes de amargura.
(...)
O que é a infância, no fundo, senão um período de nossa vida tal como nós o olhamos, depois de adultos: é a versão que se sobrepõe, poderosa, sobre a realidade, e essa versão, por mais suscetível de ser destruída pela análise fria, é a que prevalece e guia nossos passos, por anos intermináveis.
Todo mergulho na infância é ao mesmo tempo doloroso e doce, como aqueles diminutos pratos chineses que misturam gostos e odores. Assim, eu, por exemplo, me lembro, quando faço muita força, de trechos de minha infância: não consigo lembrá-la toda, ou largos períodos dela, talvez porque o que foi doloroso nela tenha sido mais abundante e mais avassalador do que o que foi doce.

ABRAMO, Cláudio. In: A regra do jogo. São Paulo.
Cia das Letras, p. 41, 1989.

O substantivo abstrato que caracteriza, no Texto, a fase da aventura humana é:

(A) intransigência.
(B) realização.
(C) exclusão.
(D) tenacidade.
(E) abstração.


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - 2006 ( Português )

Pesadelo


Inventário da infância perdida

Um homem é feito na infância, aperfeiçoado na adolescência e cristalizado na idade madura. Depois dos quarenta a existência humana, a não ser para os asiáticos, que têm o segredo da vida longeva e produtiva, assinala realmente uma decadência interminável, até que ela se torna insuportável: toda a razão da vida se concentra em algumas coisas muito específicas, em seres, sobretudo, e daí o conflito que se trava no interior de cada ser humano quando aquilo que ele quis ser para duas, três ou quatro pessoas — pois é nisso que se concentra a nossa vida — deixou de ser o que realmente se quis ser ou parecer.
Mas uma grande parte de nossa vida é desenhada muito cedo, quando se inicia o que alguns românticos chamam de aventura humana e que aos poucos vai-se transformando numa incansável continuidade de diminutas frustrações e pequenos embates corporais com a realidade, frustrações que depois se transformam em fontes de amargura.
(...)
O que é a infância, no fundo, senão um período de nossa vida tal como nós o olhamos, depois de adultos: é a versão que se sobrepõe, poderosa, sobre a realidade, e essa versão, por mais suscetível de ser destruída pela análise fria, é a que prevalece e guia nossos passos, por anos intermináveis.
Todo mergulho na infância é ao mesmo tempo doloroso e doce, como aqueles diminutos pratos chineses que misturam gostos e odores. Assim, eu, por exemplo, me lembro, quando faço muita força, de trechos de minha infância: não consigo lembrá-la toda, ou largos períodos dela, talvez porque o que foi doloroso nela tenha sido mais abundante e mais avassalador do que o que foi doce.

ABRAMO, Cláudio. In: A regra do jogo. São Paulo.
Cia das Letras, p. 41, 1989.

No Texto, em relação à infância, é INCORRETO afirmar que ela:

(A) é o alicerce do curso de vida do ser humano.
(B) possibilita ao homem atenuar a realidade dura de sua vida.
(C) se marca por um contexto específico de vida.
(D) se caracteriza pelas certezas do rumo que a vida vai tomar.
(E) já apresenta adversidades na trajetória existencial do ser humano.


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

CESGRANRIO - ( Matemática ) Função do 1º Grau

Pesadelo


O valor de um carro novo é de R$9.000,00 e, com 4 anos de uso, é de R$4.000,00. Supondo que o preço caia com o tempo, segundo uma linha reta, o valor de um carro com 1 ano de uso é:

a) R$8.250,00
b) R$8.000,00
c) R$7.750,00
d) R$7.500,00
e) R$7.000,00


Saiba mais sobre esta questaoImprima esta questao

Registros 1 a 15 de 15.