Calculadoras ›› Atualização Monetária pelo INPC - IBGE

desc

 

Como usar

1) Usar o valor nominal da época sem nenhuma alteração. Exemplo: Cr$ 2.000,56 (dois mil cruzeiros e cinqüenta e seis centavos) será usado o valor "2000,56.

2) Colocar a data INICIAL em que esse valor era vigente, mas só o mês/ano - para simplificar, não coloquei o dia.

3) A data FINAL não precisa ser a atual. Mas precisa ter uma diferença de, no mínimo, 1 mês. A calculadora passará o valor inicial para o final com as unidades monetárias apropriadas e contará quantos meses as datas diferem.

4) ATENÇÃO - É indiferente a data INICIAL ser PASSADO ou ser FUTURO, em comparação com a data FINAL - é possível regredir um valor em vez de atualizar. Contudo - a calculadora não está programada para operar com juros nessa opção. Neste caso, use somente a calculadora básica CLICA AQUI.

4) Se desejar, além da correção monetária, você pode incluir juros simples (CLICA AQUI) ou juros compostos (CLICA AQUI).

(I) Data Inicial:

Valor a ser atualizado:

 

Não incluir a unidade monetária NCz$, R$, etc .... Use a vírgula como separador decimal:

exemplo = R$ 2.580, 20 deve ser digitado 2580,20.

 

(II) Data Final:

Selecione a data para a qual deseja passar o valor inicial, atualizado. A data FINAL pode ser PASSADO da data inicial - nesse caso, você vai descobrir quanto vale um dinheiro da data inicial para uma data final, no passado.

 

 

* Utilizei a Tabela Prática do Judiciário Paulista TJSP pelo simples motivo de ter familiaridade com ela.

Esta calculadora tem apenas uma finalidade didática e não existe compromisso com outro uso que não seja o educacional.

Para saber de outros índices e outras formas, consulte um contador, advogado ou economista.

Apesar do caráter pedagógico, a calculadora segue fielmente os princípios para serem usados nos cálculos do TJSP. Em especial, espero que os novos advogados e advogadas possam ter várias dúvidas elucidadas aqui, em relação à Matemática do assunto.